Os alimentos e suas cores

Os alimentos e suas cores

Nutrição
Nutrição

Você sabia que as cores dos alimentos in natura podem dizer muito sobre suas características nutricionais? Isso é verdade, pois algumas substâncias bioativas dão cor aos alimentos, variando as cores você também garante um maior aporte desses nutrientes.

Vamos entender quais são as cores e os nutrientes que as compõem:


Alimentos alaranjados e amarelos: cenoura, abóbora, pimentão amarelo, manga e laranja.

Esses alimentos contém uma substância chamada β-caroteno, que quando consumido é transformado em vitamina A pelo nosso organismo. Zeaxantina, flavonoides e licopeno também fazem parte da composição desses alimentos. Esses nutrientes têm papel no sistema imunológico, ajuda a regular o crescimento e divisão celular, além de ter papel importante na visão [1]


Alimentos vermelhos: tomate, melancia, pimentão vermelho, beterraba, cereja e romã.

Nos alimentos vermelhos outro tipo de carotenoide pode ser encontrado, o licopeno, e também ácido elágico, quercitina e heperidina. Essas substâncias têm características antioxidantes [1,3] e estão relacionadas com a saúde de tecidos, como de mama e próstata [2].


Alimentos verdes: brócolis, ervilha, espinafre, couve, abacate e kiwi.

Os alimentos verdes também contêm β-caroteno, luteína e zeaxantina, além de potássio, folato, vitamina A, E e C. Esses nutrientes estão associados com a saúde dos olhos e com a redução do risco de degeneração macular [2].


Alimentos roxos e marrons: mirtilo, figo, ameixa, uva roxa e cacau.

São alimentos fonte de flavonoides, como antocianinas e quercetina, bem como carotenoides como luteína e zeaxantina. Os polifenóis também estão presentes, como o ácido elágico e o resveratrol. Esses compostos contribuem para a manutenção da função cerebral adequada e do fluxo sanguíneo, além de serem antioxidantes [1,2].


Alimentos brancos: couve-flor, cogumelo, cebola, nabo e pêssego.

Frutas e legumes brancos contêm fitoquímicos e o cogumelo possui fitoquímicos e β-glicanos. Essas substâncias são responsáveis principalmente por modular o sistema imunológico [2].


Aproveite os benefícios que cada cor dos alimentos te oferece e transforme seu prato em um arco-íris!


Referências

[1] International Food Information Council Foundation. Eat a Rainbow: Functional Foods and Their Colorful Components (2015).

[2] Enns, Susan Elizabeth. "Why Eat the Rainbow?–Inviting Students to Voluntarily Eat More Vegetables and Fruit." Issues and Directions for Home Economics/Family Studies/Human Ecology Education February 24-26, 2017 London, Ontario (2017): 112.

[3] Nasir, Muhammad Umar, Sarfraz Hussain, and Saqib Jabbar. "Tomato processing, lycopene and health benefits: A review." Sci Lett 3.1 (2015): 1-5.

veja também

;