Nutrição
e energia

ENTENDA NUTRIÇÃO E ENERGIA

Com o tempo, passamos a mudar nossos hábitos alimentares e certas mudanças podem causar deficiência de nutrientes e, consequentemente, reduzir nossa energia e disposição para as atividades do dia a dia. Algumas mudanças que podem acontecer são:

  • Diminuição do consumo de proteínas;
  • Aumento do consumo de carboidratos: preferência por doces e macarrões instantâneos;
  • Alto consumo de açúcar;
  • Baixo consumo de frutas e hortaliças;
  • Excesso de gordura saturada (ou gorduras “ruins”);
  • Menor consumo de fibras;
  • Menor consumo de minerais como cálcio, ferro e zinco;
  • Menor consumo de vitaminas.
Nutrição e energia

Por exemplo, muitos acreditam que consumir no café da manhã uma xícara de café com leite e um pão com manteiga é suficiente, mas não. Essa refeição pode “matar a fome”, mas é pobre em nutrientes. Uma alimentação desequilibrada, sem uma distribuição adequada de proteínas, gorduras e carboidratos, que funcionam em conjunto para fornecer energia podem contribuir para sintomas como apatia, falta de energia, cansaço e isolamento, comprometendo a qualidade de vida.

Sendo assim, buscar uma alimentação completa e balanceada é muito importante para uma vida mais ativa e cheia de energia.

Bibliografia

1. Francesco Landi, Riccardo Calvani, Matteo Tosato, Anna Maria Martone, Elena Ortolani, Giulia Savera, Alex Sisto and Emanuele Marzetti. Anorexia of Aging: Risk Factors, Consequences, and Potential Treatments. Department of Geriatrics, Neurosciences and Orthopedics, Catholic University of the Sacred Heart, Rome 00168, Nutrients 2016, 8, 69.

LEVY, R.B. et al. Distribuição regional e socioeconômica da disponibilidade domiciliar de alimentos no Brasil em 2008-2009. Rev. Saude Publica vol 46 no.1, 2012

LIMA, F. E. L. et al. Ácidos graxos e doenças cardiovasculares: uma revisão. Rev. Nutr. Campinas, 13(2): 73-80, mai-ago 2000.

PHILIPPI, S.T. et al. Pirâmide Alimentar adaptada: Guia para escolha dos alimentos. Rev. Nutr. Campinas, 12(1): 65-80, jan-abr 1999.

veja também